-

Seguindo e rimando.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

meu pai, meu espelho!

Sózinha percebo a falta que ainda me faz
Olhando as familias aceito que quase nem te tenho mais
O nosso encontro parece de pessoas desconhecidas
Talvez seja por não estar mais presente na minha vida.
Te enchergo e minha mão sua e o coração aperta
Lembro de quando partiu e deixando a porta aberta
Sem reação nem sabia como te pedir pra ficar
Eu que sempre guardei tudo nunca quis desabafar
Contigo sempre fui séria, de rara risada
Pouca intimidade, tu quase nunca dizia nada
Tímidos e fechados, de poucas demonstrações
Mais não tenho duvida do sentimento dos dois corações
Meu pai, meu defensor, quem me fez ser o que sou
Homem forte, Esforçado, lutador nunca desanimou
Aprendi com você mesmo não ouvindo conselho
Observei em silencio, pois sempre foi meu espelho
Cresci ouvindo teu rap, aprendendo com teu gosto
Escutando o som da era e a felicidade no teu rosto
De saber que a tua piquena tava te seguindo
Meio acanhada, distante, de longe mais sempre ouvindo;
Lembro que nos aniversarios aquela dificuldade
De parabenizar e abraçar com aquela vontade
Pois é pai tu deixou tudo isso por mim
Sabendo que uma criança não decide assim.
Mais tudo bem, a saudade é muito maior que a decepção
Só quero que saiba que independente, mora no meu coração.

Bruna m.

13 comentários:

  1. O dor passará
    Mas as lembranças sempre ficarão na sua mente e coração.
    Ensinamentos e valores são nossas maiores heranças.
    Amei o blog!
    Beejo e fica com Deus.

    ResponderExcluir
  2. Tudo passa menos o sentimento..
    Querida,tentei seguir teu blog mas não consegui,noutra hora passo e sigo.
    http://pensamentodemundo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Achei o post bem legal. Parabéns pelo blog. Estou seguindo.

    Continue assim que ficará ainda melhor.

    Depois dá uma passada no meu blog

    http://orytchasblog.blogspot.com

    Aguardo retribuição!!!!

    Forte abraço

    ResponderExcluir
  4. é
    nossos pais
    são grandes influências!

    ResponderExcluir
  5. Bacana sua postagem. Tenho uma filha de 22 anos, e nos damos muito bem.
    Parabéns pelo depoimento.
    Estou te seguindo, se puder retribuir.
    Sucesso

    http://williamkusdra.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. nunca cicatriza, mas com o tempo ameniza...
    Bjs...

    ResponderExcluir
  7. Lindo post, flor.
    É, pode até haver tristes circunstâncias, mas o amor pelos nossos pais sempre habitam em nossos corações.
    Ótimo final de semana.
    Beijo grande.
    Te espero lá no blog ;)
    www.nicellealmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Muito bom post!
    É a dor e a tristeza nos abalam, mas com o tempo elas se espalham e tudo volta ao normal.
    Parabéns pelo blog, muito legal aqui!

    Beijos

    http://falando-peloscotovelos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá querida!!!
    Vim te desejar uma ótima semana.
    Beijos e te espero lá no blog ;)
    www.nicellealmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Amo o meu pai, mas ele não é o meu espelho.

    ResponderExcluir
  11. Que belíssima homenagem!
    Bom ter alguém para se espelhar e admirar desta forma!

    ;D

    ResponderExcluir
  12. Intenso. Tuas palavras exalam força. Já estou seguindo-a. =)

    ResponderExcluir
  13. Nossa, me emocionei menina Ç.Ç
    Que linda a forma que tu falou dessa saudade.
    Perder alguém é horrível, ainda mais sendo alguém tão proximo assim :/
    Não consigo imaginar minha vida sem meu pai :(

    enfim, adorei o blog e estou seguindo você Gaúcha *-* /beijooos ;*

    ResponderExcluir